Anuncie Topo
Anuncie
Studio Milena Andrade
Inordeste
Supermercado
bbnet
wm

Alunos de piscicultura recebem aula prática na Barragem de Cajaíba em Campo do Brito

Campo do Brito | 10/02/2012 09h37 - Atualizada em 11/11/2016 13h51

Cerca de 25 piscicultores de Santana do São Francisco inseridos no Programa Sergipano de Qualificação Profissional ‘Novos Rumos’, desenvolvido pelo Governo de Sergipe, participaram nesta quinta-feira, 9, de uma aula prática no Projeto de Piscicultura, na Barragem de Cajaíba, localizada no povoado Serra das Minas, município de Campo do Brito.

Continua depois da publicidade

A aula contou com a presença da secretária de Estado da Inclusão Social, Eliane Aquino, que na oportunidade conheceu as etapas da produção de pescados em viveiros.

A secretária, assim como os alunos conheceram todo o processo da piscicultura, desde a confecção de telas para tanques-rede, até o povoamento de alevinos (larvas dos peixes), a despesca, o processamento das tilápias, entre outras etapas.

A aluna do curso Nelúzia Gomes, de 39 anos, mãe de quatro filhos, ressaltou a satisfação em participar do curso. “Já sou pescadora há 8 anos, e sustento meus filhos sozinha. Nunca fiz um curso de piscicultura para me especializar na profissão, essa é a primeira vez. Aproveitei a oportunidade dada por esse projeto e estou gostando muito. Espero aprender cada dia mais”.

Claudionor dos Santos, membro da Associação dos Moradores do Povoado Saúde, em Santana do São Francisco, pesca há mais de 16 anos e já disse conhecer vários projetos de piscicultura. Entretanto, ele não se cansa de buscar novos conhecimentos. “Mas nunca acho que já aprendi o suficiente, por isso faço questão de participar de todas as oportunidades que aparecem”.

O presidente da Associação de Pescadores da Barragem de Campo do Brito, José Venceslau, compartilhou a experiência do seu trabalho com os alunos do Novos Rumos. “Comecei o meu trabalho em 2003 com apenas quatro gaiolas onde armazenava alguns peixes. O recurso investido eu consegui através de uma indenização da empresa que trabalhei. De lá, para cá foi muita luta e perseverança, para que hoje 10 famílias sejam sustentadas por meio da cooperativa. Minha experiência mostra que esse projeto tem tudo para dar certo”.

Novos Rumos

O curso de piscicultura oferece a capacitação para 150 famílias dos municípios de Ilha das Flores, Santana do São Francisco e Telha.

Lançado em agosto de 2011, o Programa Sergipano de Qualificação Profissional Novos Rumos resgata a autoestima e oferece à população de baixa renda com perfil para fazer parte do Cadastro Único (CadÚnico) conhecimentos para que cada participante dos cursos esteja mais habilitado a buscar uma vaga no mercado de trabalho ou aperfeiçoar-se na sua área de atuação.

Fonte: ASN
Tópicos Campo do Brito
Mais Recentes
Comentários
Publicidade