Datena critica o próprio programa por transmitir simulação de crime em reportagem

TV e Famosos | 28/11/2015 12h00 - Atualizada às 28/11/2015 12h19

DATENAO apresentador José Luiz Datena, do “Brasil Urgente” (Band), criticou o próprio programa na tarde da última quinta-feira (26/11), após uma reportagem sobre o esfaqueamento de um rapaz no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, exibir a simulação do crime.

Durante a matéria, atores refizeram algumas cenas descritas pela mãe do jovem, como no momento da briga no trânsito que levou o filho a ser esfaqueado por um taxista. “Parece televisão de 20 anos atrás”, lamentou.

Continua depois da publicidade

Depois da atração, em entrevista ao blog de Mauricio Stycer, do UOL, o apresentador comentou sobre o recurso. “É uma coisa ultrapassada. Desnecessária. A vida real já é tão dramática”, afirmou. “A televisão precisa se inspirar na internet. A TV já é um veículo envelhecido. E com a simulação você o torna ainda mais envelhecido”, acrescentou.

As cenas teatrais são comuns no “Cidade Alerta”, da Record. Datena criticou a tentativa de implementá-las no noticiário. “Nada se cria. Eles (os produtores do “Brasil Urgente) veem do outro lado e querem fazer isso aqui”, disse.

Assista ao vídeo neste link.

FONTE: Portal Imprensa

Tópicos Entretenimento
Mais Recentes
Comentários
Publicidade