Sedetec e Senar oferece curso a agricultores de Campo do Brito

Campo do Brito | 26/08/2011 23h34

Com o objetivo de capacitar, o curso de Administração Rural, oferecido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), foi realizado no Povoado Gameleira. Disponibilizado gratuitamente, o curso atendeu 25 produtores de farinha de mandioca e contou com o apoio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec).

Continua depois da publicidade

O Senar, uma instituição do Núcleo Estadual de Arranjos Produtivos Locais (APL-SE), mantém parceria com a Sedetec desde 2009, buscando a profissionalização desses produtores, desenvolvendo e impulsionando a base agropecuária de Sergipe. Nas aulas ministradas por instrutores habilitados, os alunos puderam aprender como planejar custos e controlar gastos por meio de exemplos práticos e linguagem contextualizada. Com carga de 24 horas/aula, o curso encerrou-se na última segunda-feira, 22.

“Está previsto um novo curso direcionado a melhoria do processo de produção, que contará com a participação efetiva do Senar, visando este mesmo grupo de agricultores. Mas o Serviço Nacional já viabilizou cursos para citricultores e caprinocultores. Em breve, os piscicultores também serão beneficiados pela parceria da Sedetec com a Senar”, ressaltou a técnica da Sedetec, Débora Fontes, que acompanhou o projeto com o técnico da secretaria, Gilvan Dórea.

“Aperfeiçoamos o que já sabíamos e aprendemos novas técnicas de gestão que serão utilizadas para um melhor funcionamento das nossas casas de farinha”, declarou o presidente da Cooperativa dos Produtores de Farinha de Mandioca de Campo do Brito (Coofama), Carlos Lapa, que foi um dos principais incentivadores da participação dos agricultores no curso.

Continua depois da publicidade
Fonte: ASN
Tópicos Campo do Brito
Mais Recentes
Comentários
Publicidade