Sedetec e Senar oferece curso a agricultores de Campo do Brito

Campo do Brito | 26/08/2011 23h34

Com o objetivo de capacitar, o curso de Administração Rural, oferecido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), foi realizado no Povoado Gameleira. Disponibilizado gratuitamente, o curso atendeu 25 produtores de farinha de mandioca e contou com o apoio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec).

O Senar, uma instituição do Núcleo Estadual de Arranjos Produtivos Locais (APL-SE), mantém parceria com a Sedetec desde 2009, buscando a profissionalização desses produtores, desenvolvendo e impulsionando a base agropecuária de Sergipe. Nas aulas ministradas por instrutores habilitados, os alunos puderam aprender como planejar custos e controlar gastos por meio de exemplos práticos e linguagem contextualizada. Com carga de 24 horas/aula, o curso encerrou-se na última segunda-feira, 22.

Continua depois da publicidade

“Está previsto um novo curso direcionado a melhoria do processo de produção, que contará com a participação efetiva do Senar, visando este mesmo grupo de agricultores. Mas o Serviço Nacional já viabilizou cursos para citricultores e caprinocultores. Em breve, os piscicultores também serão beneficiados pela parceria da Sedetec com a Senar”, ressaltou a técnica da Sedetec, Débora Fontes, que acompanhou o projeto com o técnico da secretaria, Gilvan Dórea.

“Aperfeiçoamos o que já sabíamos e aprendemos novas técnicas de gestão que serão utilizadas para um melhor funcionamento das nossas casas de farinha”, declarou o presidente da Cooperativa dos Produtores de Farinha de Mandioca de Campo do Brito (Coofama), Carlos Lapa, que foi um dos principais incentivadores da participação dos agricultores no curso.

Fonte: ASN
Tópicos Campo do Brito
Mais Recentes
Comentários
Publicidade