Polícia Civil de Campo do Brito divulga dados estatísticos do trabalho policial na cidade

Campo do Brito | 29/09/2010 21h48

POLICIA_CIVIL Os dados estatísticos do trabalho policial na Delegacia de Campo do Brito, referentes aos nove primeiros meses de 2010 são animadores. De 1º de janeiro a 29 de setembro de 2010 foram remetidos à Justiça 104 inquéritos policiais, 31 Termos de Ocorrência Circunstancia (TOC), três Autos de Apreensão de Menor Infrator (AIAI) e oito Boletins de Ocorrência Circunstanciados (BOC). Nesse período, também foram presas 39 pessoas.

De acordo com a delegada Luciana Pereira, a delegacia local conta com uma equipe reduzida para realizar o trabalho policial. “Hoje, temos uma delegada, um escrivão e apenas um agente de captura”, explica. Ela ressalta que embora o município não seja grande acaba recebendo influência da criminalidade de Lagarto e Itabaiana, devido à proximidade com as duas maiores cidades do interior de Sergipe.

Continua depois da publicidade

“Muitos dos crimes referem-se a delitos contra o patrimônio, sendo que, se considerada a população da cidade, ainda é expressiva a quantidade de crimes contra os costumes, especialmente no que tange à exploração sexual de menores”, informou a delegada.

Luciana enfatiza que o bom trabalho realizado na cidade se deve em grande parte a colaboração da Delegacia Regional de Itabaiana e da Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Copci). “Além disso, temos de considerar o apoio de outras instituições como a Policia Militar, o Poder Judiciário, o Ministério Público Estadual e o Conselho Tutelar”.

As duas pessoas presas neste mês de setembro foram detidas em flagrante, sendo uma por estupro e outro indiciado com base na Lei Maria da Penha. A delegada Luciana Pereira também responde pela delegacia da cidade de Pedra Mole.

Fonte: SSP/SE

Tópicos Campo do Brito, Policial, Últimas Notícias
Mais Recentes
Comentários
Publicidade