Familiares do Caminhoneiro (Luluzinho) morto pelo cunhado esclarecem o caso

Notícias | 23/05/2011 21h17 - Atualizada às 23/05/2011 21h20

Através de uma nota redigida por Ângela Carla, a família de Antônio Carlos Mendonça de Menezes (Luluzinho), caminhoneiro morto a tiros na cidade de Campo do Brito, esclarece o verdadeiro motivo do seu assassinato, ocorrido na manhã do último dia 17. 

Leia a seguir a nota enviada por Ângela Carla Mendonça Menezes, irmã da vítima:

Continua depois da publicidade

É de conhecimento de todos os familiares e amigos que o falecido Antônio Carlos Mendonça de Menezes, conhecido com Luluzinho, foi vítima de ameaças por parte do cunhado Antônio Tavares de Brito, conhecido na cidade como Tonho Gaiola. O fato deu início a meses atrás quando a irmã dele e esposa da vítima tiveram desavenças familiares ao ponto de ser agredida fisicamente pelo irmão (Tonho Gaiola).

Ao chegar de viagem o esposo tomou conhecimento do fato através da mesma, ocasionando assim a primeira discussão entre os dois.

A partir daí o Tonho Gaiola começou a dizer que iria se vingar do cunhado.

Logo, com essa nota queremos esclarecer que o AGRESSOR sempre foi o irmão da esposa da vítima e não como foi divulgado pela imprensa no dia do ocorrido.

A família em meio a dor pela perda de um ente querido agradece a compreensão de todos.

Atenciosamente,

Ângela Carla Mendonça Menezes

Campo do Brito, 23 de maio de 2011

Fonte: Gilson de Oliveira

Tópicos Campo do Brito, Policial
Mais Recentes
Comentários
Publicidade