Anuncie no i9

Operação policial em Lagarto resulta em morte de suspeito de chefiar a associação criminosa

Notícias | 11/01/2024 17h35

Na manhã desta quinta-feira, 11, a Divisão de Crimes Patrimoniais da Delegacia Regional de Lagarto, em colaboração com o 7° Batalhão de Polícia Militar, realizou uma operação bem-sucedida que resultou no cumprimento de dois mandados de prisão contra membros de uma perigosa associação criminosa.

Continua depois da publicidade

A organização vinha perpetrando furtos e roubos de motocicletas na região Centro-Sul, além de realizar a adulteração dos veículos para comercialização em Sergipe e algumas cidades da Bahia. A investigação, que teve início há três meses, revelou uma série de crimes cometidos pelo grupo.

O delegado Bruno Alcântara, responsável pelo caso, destacou que, além dos furtos e roubos de motos, o grupo estava envolvido em diversos outros delitos. “Durante a investigação, ficou demonstrada a prática de vários crimes, entre eles associação criminosa qualificada, furto, roubo, receptação, adulteração de sinais identificadores de veículos e corrupção de menores”, informou.

Na ação realizada nesta quinta-feira, após extensa investigação, as forças policiais cumpriram dois mandados de prisão em Lagarto contra membros do grupo criminoso. No entanto, durante a abordagem, o suspeito apontado como líder da associação reagiu atirando contra as equipes policiais. Em resposta à injusta agressão, os policiais revidaram, resultando no ferimento do homem, que foi prontamente socorrido. Infelizmente, apesar dos esforços médicos, o suspeito evoluiu a óbito.

Levantamentos apontam que o investigado já havia sido preso anteriormente por envolvimento em crimes como roubo e tráfico de drogas.

Tópicos Notícias
Mais Recentes
Comentários
Publicidade