Anuncie no i9

Homem é preso em Roraima por fraudes que causaram prejuízo de R$ 1,5 milhão em Lagarto

Lagarto | 05/01/2024 09h03

Em uma operação conjunta entre as forças policiais da Polícia Civil de Sergipe e da Polícia Federal, um indivíduo envolvido em esquemas fraudulentos que causaram um prejuízo estimado em R$ 1,5 milhão na cidade de Lagarto foi detido em Pacaraima, Roraima. Após a prisão, foram executados mandados de busca e apreensão nos endereços vinculados ao suspeito em Lagarto. A ação policial foi anunciada nesta sexta-feira, dia 5.

Continua depois da publicidade

A investigação, conduzida pela Divisão de Crimes Patrimoniais de Lagarto, teve início após o depoimento de uma vítima, que relatou ter confiado diversas joias ao suspeito para venda, as quais foram apropriadas por ele, conforme detalhou o delegado Bruno Alcântara, responsável pelo caso.

Foto: Polícia Civil

Além disso, o delegado revelou que o detido é suspeito de realizar diversas transações fraudulentas em Lagarto, Simão Dias e Aracaju, utilizando cheques sem fundos. “Sempre emitindo cheques sem provisão de fundos”, informou Bruno Alcântara.

Durante a investigação, descobriu-se que o investigado também adquiria veículos, imóveis e gados, utilizando o mesmo esquema de emitir cheques sem fundos, e chegou a ameaçar credores com uma arma de fogo para evitar o pagamento das dívidas, detalhou o delegado.

Após a prisão em Roraima, o suspeito passou por audiência de custódia e agora está à disposição da Justiça.

A Polícia Civil solicita a possíveis vítimas do investigado a procurarem a Delegacia Regional de Lagarto para o registro de boletim de ocorrência. Informações também podem ser repassadas à polícia através do Disque-Denúncia, no telefone 181.

Tópicos Destaques, Lagarto, Policial
Mais Recentes
Comentários
Publicidade