Polícia Civil prende homem por receptação em Lagarto

Lagarto | 06/10/2021 13h45

Policiais civis da Delegacia Regional de Lagarto prenderam em flagrante, nessa terça-feira (05), um homem de 38 anos, suspeito de ter adquirido um aparelho celular subtraído de Rian Rocha de Menezes, vítima de homicídio ocorrido no Povoado Brasília, em 21 de maio desse ano.

Continua depois da publicidade

Segundo a delegada Michele Araújo, foi deflagrada a Operação Palermo, que resultou na prisão de quatro suspeitos e no óbito de outros dois indivíduos após confronto com as equipes policiais. “As investigações apontavam que existia uma organização criminosa que vinha sendo investigada em razão da realização de dois roubos a um correspondente bancário em Lagarto. Após a prisão de quatro envolvidos, a última diligência que restava era apenas a recuperação do aparelho celular da vítima, que foi subtraído depois de ser executada”, explicou.

O homem que estava em poder do celular informou que havia adquirido o celular de um dos integrantes do grupo criminoso. Ele foi autuado em flagrante pelo crime de receptação. Após o pagamento da fiança arbitrada, o indivíduo foi liberado e responderá o processo criminal em liberdade.

Com informações da SSP/SE
Tópicos Destaques, Lagarto, Policial
Mais Recentes
Comentários
Publicidade