Polícia Civil cumpre mandado de internação contra dupla condenada por tentativa de latrocínio em Lagarto

Lagarto | 06/05/2021 16h32

Equipes da Delegacia Regional de Lagarto, com o apoio operacional da Delegacia Distrital de Ribeira do Pombal (BA), deram cumprimento a mandados de internação definitiva contra dois adolescentes investigados pela tentativa de latrocínio praticada contra o vigilante lagartense Geraldo Martins dos Santos. As apreensões ocorreram na segunda-feira (03) e terça-feira (04), nas cidades de Lagarto e Ribeira do Pombal (BA).

Continua depois da publicidade

Segundo a delegada regional de Lagarto, Michele Araújo, na manhã do dia 15 de agosto de 2019, os adolescentes abordaram o vigilante na frente de uma creche, subtraíram seu celular e deflagraram um disparo de arma de fogo em direção ao rosto da vítima, que foi atingida, mas sobreviveu.

Na época, as forças policiais de Lagarto deflagraram uma operação de busca pelos suspeitos e policiais militares conseguiram fazer a apreensão em flagrante da dupla, além de prender um suspeito de ter fornecido a arma de fogo.

“Esse caso foi muito grave e chocou a sociedade lagartense. Os adolescentes foram apreendidos no mesmo dia do fato e os procedimentos investigativos instaurados lograram êxito em delinear não só a participação deles, mas também investigados maiores de idade que forneciam as armas e que idealizavam as ações”, detalhou.

Continua depois da publicidade

A partir das investigações, conforme relatou a delegada, foram expedidas as decisões judiciais de apreensão dos adolescentes. “Com base nessas provas, o Ministério Público representou os adolescentes à Justiça sergipana, e ambos foram condenados pela Vara Criminal de Lagarto. Agora, novamente atuamos, junto com os colegas da Polícia Civil baiana, para dar efetividade às condenações e aprendê-los, a fim de que sejam encaminhados ao Centro de Atendimento ao Menor e cumpram suas sentenças”, explicou.

A Polícia Civil pede que a sociedade continue participando da segurança pública da região de todo o estado por meio do Disque-Denúncia (181). Informações e denúncias sobre suspeitos de ações criminosas podem ser repassadas pela plataforma. O sigilo do denunciante é garantido.

*SSP/SE
Tópicos Destaques, Lagarto, Policial
Mais Recentes
Comentários
Publicidade