SES pactua prazo máximo para municípios aplicarem doses de vacinas recebidas

Saúde | 24/03/2021 10h20

A secretária de estado da saúde de Sergipe, Mércia Feitosa, se reuniu virtualmente na última segunda, 22, com gestores e representantes da saúde dos municípios sergipanos para fazer uma pactuação sobre a aplicação das vacinas contra a Covid-19.

Continua depois da publicidade

Durante a reunião, convocada de forma extraordinária, ficou acertado que, assim que os municípios recebam as doses referentes aos grupos prioritários, o processo de imunização seja feito em, no máximo, uma semana.

De acordo com a secretária, o processo de buscativa dos municípios em relação aos idosos, principalmente, deve ser aprimorado. “A reunião foi muito importante para tirar todas as dúvidas sobre a entrega das remessas dos imunizantes. O envio de vacinas é feito com base na estimativa de pessoas com 70 anos ou mais de cada município, mas o município que conseguir esgotar toda essa população pode avançar para faixas etárias mais jovens”, ressaltou a secretária.

Ficou acordado entre os gestores que, pelo menos, 95% dessas doses sejam aplicadas em uma semana.

Continua depois da publicidade

Distribuição

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) iniciou na tarde desta terça, 23, a distribuição para os 75 municípios sergipanos da nova remessa de vacinas contra a Covid-19 que chegou a Sergipe no último sábado, finalizando a entrega nesta quarta, 24. Foram 35.600 doses da Coronavac, imunizante produzido pelo Instituto Butantan, e 21.750 da Oxford/AstraZeneca, fabricado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). As doses se destinam a imunização de idosos com 70 anos a mais.

Com informações da SES/SE
Tópicos Saúde, Sergipe
Mais Recentes
Comentários
Publicidade