Polícia Civil cumpre mandado de prisão de investigado por estupros em Lagarto

Lagarto | 27/01/2021 08h52

Policiais civis lotados no Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveos (DAGV) e do Departamento de Narcóticos (Denarc) de Lagarto cumpriram o mandado de prisão preventiva expedido contra um homem de 30 anos indiciado por vários crimes de estupro cometidos na região. A ação policial ocorreu na manhã desta terça-feira, 26.

Segundo os delegados Allison Lial, Lorena Rocha e Matheus Cardillo, o suspeito foi investigado em diversos procedimentos como suspeito de ter praticado crimes de estupro, que tiveram como vítimas, ao menos, sete mulheres, ao longo dos últimos três anos. O êxito das investigações foi fruto de esforço conjunto de todas as equipes policiais atuantes na Delegacia Regional de Lagarto.

Continua depois da publicidade

O suspeito já havia sido preso em flagrante por tentativa de estupro em outubro do ano passado, quando foi pedida a sua prisão preventiva. No entanto, ele foi solto e aguardava em liberdade o término das investigações pelos demais crimes.

Com a conclusão dos procedimentos, no mês de dezembro, a Polícia Civil representou novamente pela prisão preventiva do investigado, destacando a quantidade de procedimentos que pesavam contra ele. Ressaltou-se também que o homem agia com frieza e violência física, além de já ter filmado algumas vítimas durante seus ataques, e ameaçado divulgar as imagens caso procurassem a polícia.

A Polícia Civil reitera a extrema importância de que vítimas ou testemunhas de crimes sexuais denunciem os casos às autoridades. Informações sobre o cometimento de delitos e localização de foragidos da Justiça podem ser prestadas através do Disque-Denúncia (181). O sigilo do denunciante é garantido.

Com informações da SSP/SE
Tópicos Destaques, Lagarto, Policial
Mais Recentes
Comentários
Publicidade