Operação cumpre mandados contra o PCC em 06 municípios sergipanos

Policial | 28/07/2020 09h02

Continua depois da publicidade

Foi deflagrada nas primeiras horas da manhã desta terça-feira, 28, em 11 estados, a segunda etapa da “Operação Flashback”. Coordenada nacionalmente pelo Grupo Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público de Alagoas, a operação conta com o engajamento dos Gaecos dos MPs de Sergipe, Pernambuco, Ceará, Bahia, Paraíba, Piauí, Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Minas Gerais.

 

O intuito é desarticular a nova composição da facção Primeiro Comando da Capital (PCC) que tem base no Mato Grosso do Sul, de onde saem as ordens de justiçamento para todo Brasil.

Continua depois da publicidade

O PCC é uma facção criminosa que comanda rebeliões, assaltos, sequestros, assassinatos e narcotráfico no país, desde 1993. Com hierarquia própria, os integrantes da facção que estão fora dos presídios obedecem a ordens dos líderes, que estão no sistema prisional e financiam o crime organizado.

As ações em Sergipe ocorrem em Aracaju e mais cinco municípios. Foram expedidos, pelo Juízo da Comarca de Carira, 14 mandados de busca, apreensão e prisão. Em Sergipe, a operação envolve mais de 60 profissionais da área da Segurança Pública.

Participam da operação, a Coordenação Geral do Sistema de Inteligência de Segurança Pública em Sergipe (Cogesisp), Departamento de Narcóticos (Denarc), Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core), Comando de Operações Especiais (COE), Companhia Independente de Operações Policiais em Área de Caatinga (Ciopac), Agência Central de Inteligência (ACI) e Departamento do Sistema Prisional de Sergipe (Desipe).

Nacionalmente, a operação tem apoio do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), Polícia Federal – através da Delegacia de Repressão a Entorpecentes – e Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC).

Com informações de MPSE e SSP/SE
Tópicos Destaques, Policial, Sergipe
Mais Recentes
Comentários
Publicidade