Polícia Civil cumpre mandado de prisão em Areia Branca

Notícias | 14/03/2019 17h40

A Polícia Civil prendeu na quarta-feira, 13, na cidade de Areia Branca, Adriana Alves de Souza, 38 anos, em decorrência do descumprimento da pena restritiva de direitos imposta. A mulher era cuidadora de um idoso e induziu este a fazer um empréstimo, fugindo em seguida com o cartão do banco e o documento da vítima.

Segundo a polícia, a detenta já havia sido intimada várias vezes para comparecer ao juízo e prestar contas do cumprimento da pena [pena de dois anos de reclusão, inicialmente em regime aberto e 60 dias-multa, no valor de trinta avos do salário mínimo], mas nunca era encontrada, pois vivia mudando de endereço e não comunicava às autoridades. Em razão do ocorrido, o promotor pediu a regressão do regime aberto para o fechado e o juiz acatou, expedindo o mandado de prisão.

Continua depois da publicidade

Adriana foi presa por induzir o idoso a fazer um empréstimo em maio de 2013 no valor de R$ 3.600,00, com a justificativa de comprar um imóvel para a vítima morar, já que ele reside em uma casa alugada. Após efetuar o empréstimo, que descontava mensalmente R$ 190,00 do benefício do INSS do idoso, a denunciada fugiu com o esposo e se recusou a continuar trabalhando como cuidadora da vítima.

Ao fugir, a mulher pegou o RG e o cartão do benefício para uso próprio, retirando mensalmente o dinheiro do idoso, fazendo com que a vítima passasse por necessidades financeiras. O golpe só foi descoberto em março de 2014, quando a sobrinha da vítima, dirigiu-se ao Banco Bradesco para verificar as finanças e descobriu que a conta do idoso constava inexistente.

Fonte: SSP/SE

Tópicos Areia Branca, Destaques, Policial
Mais Recentes
Comentários
Publicidade