Câmara de Campo do Brito aprova projeto e presidente volta a poder se reeleger

Campo do Brito | 23/02/2018 14h05 - Atualizada às 23/02/2018 14h21

A câmara de vereadores de Campo do Brito aprovou nesta quinta-feira (22), em 2ª votação, um projeto de emenda à Lei Orgânica do Município, permitindo a reeleição do presidente daquela casa legislativa.

Não era permitido a reeleição do presidente devido a aprovação em 2016, naquela mesma casa legislativa, do projeto que retirou a possibilidade de reeleição. Com a aprovação da mudança, um vereador pode se reeleger no comando da câmara, a exemplo do que já acontecia.

Continua depois da publicidade

A matéria de autoria do atual presidente, Edivaldo Leite Fontes (PSL), foi aprovada pela maioria, tendo os votos contrários dos vereadores Paulo César dos Santos (PRB), Rosana Santos Queiroz Cruz (PPS) e José Edinelson Santana (PSB).

Confira outros assuntos debatidos nesta sessão:

  • O calçamento do Bairro Muginga, que ainda não foi entregue, já está cedendo em uma parte. Vereadores da situação disseram que a obra não foi entregue e não está finalizada, e que será entregue em perfeitas condições;
  • Solicitação de reparos nos córregos dos cruzamentos das Rua Arnóbio Batista de Souza e José Bonifácio com a Pedro Ribeiro, pois foi tirado os canos e ficou a valeta dando trabalho para os carros pequenos passarem;
  • Quadra do povoado Cercado, está dando prejuízo as casas vizinhas, pois as bolas estão caindo nos telhados. Para o município ver uma forma de evitar, como a colocação de redes de proteção;
  • Agradecimento pela prestação de serviços da secretaria de obras na redondeza da Barragem, Boa Vista, Garangau, Candeias, Serra das Minas e Tapera. Nesta semana está na região da Caatinga Redonda;
  • Retroescavadeira da prefeitura está quebrada e a que está trabalhando é locada apenas para retirar cascalhos nas ruas da cidade;
  • Caixa d’água do Garangau passará por reformas;
  • Escola da Tapera da Serra está passando por reforma;
  • O restante da Rua Maria Freire de Lima será pavimentada (cerca de 80m – Parceira Moradores/Prefeitura );
  • Solicitação de reparos na caixa d’água do Povoado Cercado;
  • Solicitação para a prefeitura observar as estruturas das caixas d’água do município, que algumas estão danificadas e precisando de reparos;
  • Reclamação de mães do Povoado Rodiador, pois alguns alunos serão remanejados para a cidade, devido a pequena quantidade de alunos. A maioria dos pais tinham concordado em reunião, mas agora estão arrependidos;
  • O descaso da escola do povoado Terra Vermelha, cujo a reforma está paralisada desde a gestão passada e os alunos sendo transportados para escola do Povoado Tabua;
  • Turma do Eja que será aberta na Terra Vermelha, usará o auditório do Posto de Saúde, já que a escola está fechada;
  • Segundo vereadores da oposição, está havendo perseguição política a um comerciante da cidade que estava usando a frente do antigo Clube Britense para vender veículos. Que antes o espaço era abandonado, cheio de mato, lixo e ninguém usava o passava pelo local. Segundo vereadores da situação, não é perseguição foi apenas solicitações de sócios do britense, para a retirada;
por William Vinícius, Portal i9Sergipe

Tópicos Campo do Brito, Destaques, Política
Mais Recentes
Comentários
Publicidade