Idoso tem ataque cardíaco e morre após receber intimação

Salgado | 22/02/2018 18h44

Com 72 anos, um idoso morreu, nesta quarta-feira (21), pouco depois de receber uma intimação da polícia para prestar esclarecimentos sobre disparos de arma de fogo em via pública, fato que ocorreu no município de Salgado. Ele chegou a ser levado para uma unidade de saúde, mas, não resistiu.

De acordo com Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/SE), a intimação se referia a um ocorrido do dia 20 de fevereiro, no qual o idoso foi apontado como responsável por disparos de arma de fogo em via pública. No momento em que recebeu os policiais, o idoso afirmou que iria trocar de roupa, porém, acabou passando mal.

Continua depois da publicidade

Por meio de nota, a SSP explicou o fato. “O ancião chegou a ser encaminhado para um posto de saúde de Salgado, mas não foi feita a declaração de óbito. A médica verificou todo o corpo e constatou que não havia lesões que provocassem morte violenta. A declaração de óbito deveria ser feita pelo Serviço de Verificação de Óbito (SVO) para liberação do corpo para velório e sepultamento. O carro da funerária chegou no IML às 17h10, portanto depois do fechamento do SVO. Os funcionários do IML se prontificaram a guardar o corpo até a manhã da quinta-feira, dia 22, mas os familiares não aceitaram. Com a intervenção do secretário João Eloy, foi feita a necropsia e o corpo foi liberado, procedimento que não é comum em casos de mortes naturais”.

O corpo do idoso foi registrado no Instituto Médico Legal (IML) por volta das 14h45 de ontem.

*Informações do Jornal da Cidade

Tópicos Destaques, Salgado
Mais Recentes
Comentários
Publicidade