Operação Baixada resulta na apreensão de drogas, arma de fogo e na prisão de 18 pessoas em Itabaiana

Itabaiana | 24/03/2017 12h29

Foi realizada na manhã desta sexta-feira, 24, na sala de imprensa Radialista Júlio César, uma coletiva de imprensa com o intuito de informar à sociedade sergipana detalhes sobre a operação “Baixada”. Até o momento dezoito pessoas foram presas, a ação foi deflagrada pela Polícia Civil, por meio da Delegacia Regional de Itabaiana, visando dar cumprimento a 20 mandados de prisão e de busca e apreensão relacionados a crimes de roubo, tráfico de drogas e homicídios no município serrano.

Continua depois da publicidade

A operação contou com duas etapas, a primeira ocorreu nessa terça-feira, 21, quando os policiais civis efetuaram a prisão de seis pessoas em cumprimento a mandados de prisão relacionados a crimes de homicídios, tráfico de drogas e roubo.

De acordo com o delegado Fábio, as investigações iniciaram a cerca de três meses, quando os policiais começaram a investigar pontos de tráfico na região. “As investigações iniciaram a cerca de três meses, começamos a identificar pontos de tráfico de drogas na cidade de Itabaiana, nosso principal intuito foi retirar esses indivíduos de circulação e apreender a maior quantidade possível de entorpecentes relacionados ao tráfico de drogas naquela localidade. Percebemos que a região estava em uma situação crítica, procuramos focar no tráfico de drogas para consequentemente diminuir outros crimes que indiretamente estão relacionados com o tráfico, como homicídio, a prática de roubos e de furtos. É importante deixar claro à população que as investigações continuam de forma intensificada para podermos desarticular essas práticas”, afirmou o delegado.

Segunda fase da Operação Baixada

Na segunda fase da Operação Baixada, deflagrada nessa quinta-feira, 23, a polícia conseguiu efetuar a prisão de 12 pessoas, sendo nove delas autuadas em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, decorrente dos mandados de busca e apreensão, cumprimento a mandado de prisão pelo crime de roubo majorado e por homicídio qualificado.

Na operação, a polícia realizou a apreensão de 236 papelotes de maconha, 286 pedras de crack, quatro cápsulas de cocaína, um revólver calibre 38 com 11 munições, além da quantia de R$ 10.784,70 em espécie.

Integração entre as polícias Civil e Militar

Um total de 70 policiais civis participaram da ação. O efetivo foi composto por agentes da Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Copci), Departamento de Narcóticos (Denarc), Grupo Especial de Repressão e Busca (Gerb), Delegacias de Lagarto, Carmópolis, Nossa Senhora da Glória, Porto da Folha, Frei Paulo, Cristinápolis, Malhador, Feira Nova, Macambira, São Domingos e Cedro de São João.

Além disso, a operação contou também com o apoio de equipes do Grupamento Tático Aéreo (GTA), que deram suporte às equipes que atuavam em via terrestre; e de militares do 3º Batalhão de Polícia Militar e da Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPCães) que atuou com cães farejadores em alvos da operação na localização de entorpecentes.

Fonte: Ascom SSP/SE

Tópicos Destaques, Itabaiana, Policial
Mais Recentes
Comentários
Publicidade