Estudantes desenvolvem website com dicas e informações sobre o Parque Nacional Serra de Itabaiana

Educação | 02/03/2017 11h18

Uma das primeiras coisas que fazemos antes de conhecer um local é buscar informações a respeito, geralmente perguntando para aqueles que lá estiveram ou procurando por referências e dados na internet. Foi seguindo essa ideia que os estudantes do curso de Ciências Biológicas da disciplina de Educação Ambiental (turma 2016.1) do campus de Itabaiana desenvolveram um website informativo para visitantes.

Coordenado pelo professor Juliano Ricardo Fabricante, o projeto é intitulado “Educação Ambiental no Parque Nacional Serra de Itabaiana”. Na página, o usuário pode acessar imagens e obter informações sobre as trilhas, como os nomes dos locais e o grau de dificuldade em relação ao acesso, e conhecer a vegetação que compõe a região.

Acompanhados pelo orientador, os alunos realizaram um trabalho de mapeamento percorrendo as trilhas com GPS e, a cada dificuldade encontrada, descreviam-na e tiravam uma foto do local.

Continua depois da publicidade

Além disso, para os mais interessados em educação ambiental, estão disponíveis no website dicas de atividades lúdicas – ensinadas através de textos e vídeos – voltadas tanto para crianças quanto para jovens e adultos e que podem ser aplicadas por professores e guias turísticos.

Em uma das atividades propostas, os visitantes devem coletar uma determinada quantidade de solo extremamente alterado pela ação humana e animal devido ao pisoteio e outra amostra em região com vegetação densa para que, através de uma experiência , o tutor aborde como a vegetação influencia a percolação – passagem lenta de um líquido através de um meio filtrante – da água no solo. Essa atividade é intitulada “Preserve a biodiversidade, respeitando a trilha”.

Realização pessoal

O estudante do 9º período Hugo Andrade, 22 anos, conta que, apesar de já conhecer o Parque Nacional da Serra de Itabaiana (Parnasi), enxerga a experiência como única porque dessa vez ajudou a coletar dados que podem ser usados tanto por turistas quanto por pesquisadores.

“A maior importância é justamente a disponibilidade de dados para a sociedade, mas também é importante para o Parnasi, uma vez que a pesquisa pode contribuir com a preservação do meio ambiente e a sociedade pode desfrutar disso de maneira mais inteligente e responsável”.

O estudante diz ainda que se sente realizado com a experiência e relata que a próxima atividade será a produção de um artigo para divulgar as ações no Parnasi.

Conscientizar e preservar

Jucineide de Jesus Andrade, 28, também do 9° período, definiu sua experiência no projeto como “única”. Ela explica que o principal objetivo do trabalho é dar espaço à grandeza do Parnasi que, segunda ela, vai muito além de trilhas, mas está na história e relação entre a serra e o povo sergipano.

“A principal questão é a preservação, já que muitos não conhecem de fato a Serra de Itabaiana. Através do trabalho pudemos fazer o mapeamento do Parnasi, trilha por trilha, a pé, e assim podemos ajudar as pessoas que desejam conhecer mais o parque. Acredito que o lema que pode definir nosso trabalho é ‘conscientizar e preservar’”.

Aprendendo na prática

Segundo o coordenador do projeto, Juliano Ricardo Fabricante, a ideia surgiu porque, ao se formar e ingressar no mercado de trabalho, percebeu a necessidade de mais atividades práticas que poderiam ser desenvolvidas pela universidade e que pudessem capacitar ainda mais o estudante para a sua carreira profissional.

Sobre a importância do website, o professor Juliano diz que através da página as pessoas podem adquirir mais conhecimento sobre o Parque Nacional Serra de Itabaiana (Parnasi).

“Lá podemos encontrar muitas espécies e a paisagem é deslumbrante. Então, temos de divulgar para incentivar um turismo ecológico, guiado e inteligente. Além disso, o projeto tem o intuito de conscientizar esses turistas para que consigam acessar o parque de maneira segura”.

Ascom UFS

Tópicos Destaques, Educação, Itabaiana, Meio Ambiente
Mais Recentes
Comentários
Publicidade