Samu 192 Sergipe registrou 4.989 chamadas na última semana

Saúde | 20/12/2016 08h46

Entre os dias 12 e 18 de dezembro, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192 Sergipe) contabilizou 4.989 registros de chamadas, sendo que 1.566 foram para solicitações de envio de ambulâncias e 55 para orientações médicas.

O número de trotes ainda continua expressivo. Somente nesta última semana, foram 742 chamadas falsas registradas pelo Serviço. “É preciso que as pessoas compreendam o prejuízo provocado pelos trotes, especialmente por colocar em risco a vida de pessoas que realmente precisam do atendimento”, alerta a superintendente do Samu 192 em Sergipe, Maria Lúcia Santos.

Continua depois da publicidade

A gestora esclarece que para realização dos atendimentos, durante a última semana, houve 730 envios de Unidades de Suporte Básico (USBs), 185 envios de Unidades de Suporte Avançado (USAs) e 29 deslocamentos de motolâncias .

“Os acidentes que envolvem queda de moto continuam liderando o ranking de atendimentos realizados pelo Samu 192 em Sergipe. Foram 63, somente na última semana”, acrescentou a superintendente.

Além disso, as estatísticas dão conta de que entre as causas de acidentes atendidos pelo Samu com maior frequência estão as quedas, que na última semana vitimou 37 pessoas; colisão entre carro e moto, que corresponde a 36 pacientes atendidos; atropelamento, com 27 vítimas; ferimento por arma de fogo, com solicitação de 25 atendimentos; e 13 pacientes que necessitaram de atendimentos por terem sofrido agressões físicas.

Shira

O Serviço de Remoção Inter- Hospitalar Assistida (Shira), gerido pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), através da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS), realizou 294 transportes durante a última semana.

“Entre as remoções registradas no período estão 166 assistenciais, 89 para realização de exames e procedimentos e 53 transferências hospitalares. Além disso, cinco gestantes de baixo risco foram conduzidas pelo Serviço e outros 13 pacientes para avaliação de especialistas”, revela a coordenadora geral do Shira, Luísa Dantas.

O Shira otimiza o fluxo de pacientes entre as unidades da Rede Hospitalar do Estado, e proporciona suporte de logísticas, somando 128 transportes para esse fim, entre os dias 12 e 18 de dezembro.

Ascom SES/SE

Tópicos Saúde, Sergipe
Mais Recentes
Comentários
Publicidade