PM registra redução criminal em Itabaiana

Policial | 08/04/2016 14h16

A Polícia Militar, por meio do 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM), divulgou nesta sexta-feira, 8, o resultado das ações realizadas pela Unidade nos meses de janeiro, fevereiro e março deste ano. Comparados com o mesmo período de 2015, os dados mostram uma evolução nos números de armas apreendidas e veículos recuperados, bem como na quantidade de prisões e abordagens.

Assim, em função do esforço preventivo realizado pela PM, os principais índices criminais foram reduzidos de forma marcante, a exemplo dos crimes contra o patrimônio (roubos e furtos), que caíram 32,22% em Itabaiana. Segundo a Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal da Polícia Civil (Ceacrim), no período em questão, o Batalhão levou à delegacia 571 ocorrências de furto/ roubo em 2015, contra apenas 387 em 2016. Já as apreensões de armas de fogo subiram de 26 em 2015 para 31 em 2016.

Continua depois da publicidade

O destaque do período ficou por conta da redução do número de ciclomotores roubados ou furtados na cidade serrana. Enquanto no primeiro trimestre de 2015 foram roubadas 76 cinquentinhas (Shinerays e outras), no mesmo período deste ano o número caiu para apenas 12, representando uma queda de 84,21%. Quanto aos furtos desse tipo de veículo, não foi diferente, já que o índice reduziu de 53 para 31 (-41,5%). A redução dos roubos a mão armada também chamou a atenção, foram 238 em 2015 e 134 em 2016 (-43,69%).

“Quanto aos homicídios, principal índice criminal para referenciar o grau de violência de uma localidade, os números também são positivos. Em março deste ano, foram registrados sete homicídios, contra 10 em fevereiro e 14 em janeiro, mostrando também uma evidente tendência de redução. Tais resultados são fruto da intensificação do policiamento na capital do Agreste e em toda a região”, destacou o tenente-coronel Rolembrg, comandante do 3º BPM.

Ainda de acordo com o levantamento do 3º BPM, apenas no mês de março, na área do Batalhão, foram apreendidas 11 armas de fogo, 35 munições e 21 veículos recuperados e devolvidos aos seus proprietários. No período, também foram registradas 46 prisões em flagrante e, em comparação com o mês de janeiro, verificou-se a redução de 22% no número de roubos em geral.

Segundo os dados levantados, em relação ao primeiro mês do ano, a Polícia Militar aumentou em 57,14% a quantidade de armas apreendidas e em 39% as prisões em flagrante, elevando de 19 para 21 o número de veículos roubados/furtados recuperados. Quando a comparação é com fevereiro, nota-se a ampliação de 120% na quantidade de armas apreendidas e 83% na de veículos, bem como em 35% nas prisões em flagrante.

As revistas também tiveram destaque em março, com 415 motonetas e 574 pessoas abordadas, sendo que, em fevereiro, foram 345 ciclomotores e 484 condutores e transeuntes. Em toda a área do 3º Batalhão, foram realizadas abordagens a 81 carros de passeio e 19 ônibus, o que só foi possível com o reforço das Operações Sergipe Mais Seguro no período: 30 ações em março, contra 16 em fevereiro e 15 em janeiro.

“Os bons resultados ora apresentados não são fruto do acaso, e sim do esforço preventivo desprendido pelos nobres policiais do Agreste, que se evidencia no comparativo numérico entre os meses de janeiro e março deste ano. Constata-se o aumento de 88% nas abordagens a carros de passeios, de 280% a ônibus, de 232% a motocicleta/ciclomotores e 150% às pessoas. Quando a Polícia avança e se faz pesente, a tendência é a redução no número de crimes”, finalizou o tenente-coronel Rolemberg.

*Informações da Ascom SSP/SE

Tópicos Policial
Mais Recentes
Comentários
Publicidade