Aeroporto de Aracaju: bilhete com ameaça de bomba causa transtorno

Sergipe | 08/04/2016 09h19

O chefe da Delegacia de Controle de Migração, Carlos César Pereira, classificou o alerta de bomba no voo da Avianca em Aracaju como brincadeira de mau gosto. O bilhete com nome “bomba” foi encontrado por um fos funcionários da limpeza na tarde desta quinta-feira, 7. O Esquadrão Anti-Bombas da Polícia Federal foi acionado e depois de averiguar todos os compartimentos do avião, constatou que não havia nenhum artefato.

Segundo detalhamento do delegado Carlos César, a aeronave estava vazia e em procedimento de limpeza quando o bilhete foi encontrado, e por isso, não houve pânico entre os passageiros que estavam prestes a embarcar. César acrescentou que a PF só liberou a aeronave para o voo quando todos os compartimentos foram inspecionados.

Continua depois da publicidade

“Na prática, não chegou a se concretizar como ameaça de bomba. Alguém de muito mau gosto colocou um papel no banheiro com nome bomba escrito e numa posição proposital para que fosse visto. Em razão disso, tivemos que adotar os procedimentos de segurança para que todos pudessem viajar com segurança”, esclareceu o delegado.

O voo seguiu seu destino normal quase duas horas após o horário previsto, por volta das 17h40. A situação, conforme o delegado, configura uma atividade criminosa e é prevista pena de até seis anos para o executor. A PF irá investigar o caso.

“Trata-se de uma contravenção penal que é causar ou poder causa pânico, previsto no artigo 41 das contravenções penais. Vamos colocar todos nossos esforços para tentar identificar essa pessoa. Temos poucos elementos até agora, mas unidos podemos desenhar uma linha investigativa, e a pessoa que brincou vai se arrepender do que fez”, garantiu Carlos César.

Avianca

A Avianca Brasil informou, por meio de nota, que a aeronave que realizou, hoje, o voo 6222, entre Brasília e Aracaju [chegada], passou por inspeção das autoridades competentes no aeroporto sergipano. Como não havia nada a bordo que impactasse a segurança ou a normalidade das operações, o avião foi liberado. A empresa ressaltou que nesse período prestou atendimento aos clientes no terminal e que o embarque para a próxima etapa foi autorizado.

Fonte: Infonet

Tópicos Sergipe
Mais Recentes
Comentários
Publicidade