IML: 21 homicídios marcam carnaval em Sergipe

Notícias | 18/02/2015 11h03

iml-sergipeEm Sergipe, o clima de carnaval não foi tão tranquilo. O Instituto Médico Legal registrou mais de 30 mortes violentas. Entre as ocorrências, destacam-se 21 homicídios, com maioria ocorrida no interior do estado, entre a sexta-feira, 13, e a noite da terça-feira, dia 17.

Também foram registradas sete mortes por acidentes de trânsito e uma morte ainda não esclarecida. O sábado, 14, o segundo dia da Festa de Momo foi o dia mais violento, com sete homicídios e uma vítima de acidente de trânsito, entre os sete corpos removidos pelo Instituto Médico Legal.

Continua depois da publicidade

Na terça-feira, 17, último dia de carnaval, o Instituto Médico Legal contabilizou seis mortes violentas. Foram três homicídios, duas mortes em acidentes de trânsito e uma por afogamento.

Em Canindé do São Francisco, um idoso, identificado como Francisco Romão dos Santos, 66, foi assassinado à tarde com golpes de faca em uma localidade conhecida como Povoado Emília. Os motivos do crime ainda não foram esclarecidos e as investigações serão desencadeadas pela polícia civil.

Em Itabaiana foi registrado mias um homicídio, tendo como vítima Alexandro Moncorvo da Silva, 23. Dois corpos de pessoas do sexo masculino continuam sem identificação no IML. Um deles foi de vítima de tiros, morte registrada no bairro Santa Maria, em Aracaju, e outra vítima de acidente de trânsito, que morreu no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse).

A jovem Fernanda Pereira de Castro, 21, morreu em acidente de trânsito ocorrido na Barra dos Coqueiros, e Lidijan da Silva Souza, 40, foi vítima de afogamento no povoado Mocambo, em Porto da Folha.

(Infonet)

Tópicos Sergipe
Mais Recentes
Comentários
Publicidade