Secretário Adjunto da Agricultura do estado faz visita técnica em Campo do Brito

Informativo | 25/07/2013 12h13 - Atualizada às 25/07/2013 18h06

Na manhã desta quarta-feira, 24, o Secretário Adjunto de Estado da Agricultura, Diógenes Júnior e dois engenheiros agrônomos estiveram no Povoado Cercado com o objetivo de fazer um estudo da área afetada com o problema da podridão na raiz da mandioca, buscando alternativas para a revitalização do cultivo na região.

Na oportunidade, estavam acompanhando Diógenes Júnior, o secretário municipal da Agricultura, José Marcionílio da Rocha; o presidente do CONDEM, Siveraldo da Cruz; a engenheira agrônoma da EMDAGRO, Neuza Stahischmit Lima; e do engenheiro agrônomo da EMDAGRO de Itabaiana, Antenor Duarte. A comitiva fez visitas à Casa de Farinha de Mandioca de José da Paixão de Santana, no Povoado Cercado, um dos maiores produtores de Farinha de Mandioca da região.

Continua depois da publicidade

Como foi prometido por Diógenes Júnior na semana passada, ele veio trouxe dois técnicos da EMDAGRO para analisar o problema da podridão na raiz da mandioca, um problema enfrentado pelos agricultores locais, onde afirmam que perderam praticamente toda a sua plantação.

Os engenheiros agrônomos viram de perto o problema e afirmaram que está ocorrendo em quase todo o estado e vem afetando o tipo de mandioca denominada de Caravela. Depois de constatado o problema, os técnicos aconselharam a plantar a espécie de mandioca denominada de Quiriris, pois esta é mais resistente à doença.

Em seguida, Diógenes Júnior sugeriu aos representantes do município que convoquem os agricultores da região para uma reunião, e o mesmo irá trazer os técnicos da EMDAGRO e outros especialistas para orientar sobre o problema na raiz da mandioca, bem como explicar aos agricultores sobre as técnicas de rotação da cultura no plantio.

Com informações e imagens: SECOM | Campo do Brito

Tópicos Campo do Brito
Mais Recentes
Comentários
Publicidade