Secretaria municipal da Saúde realiza ação do Projeto Fique Sabendo

Informativo | 20/07/2013 13h48

Na manhã dessa sexta-feira, 19, a secretaria municipal da Saúde realizou mais uma atividade preventiva, através do Programa ‘Fique Sabendo’, da secretaria de estado da Saúde, para a realização do teste rápido de AIDS e Sífilis. Os testes foram realizados na Clinica de Saúde da Família, das 8h às 12 horas.

Durante a ação, foram realizadas palestras e atividades teatrais, através de literatura de cordel, filmes educativos, vídeos sobre as doenças sexualmente transmissíveis. Além disso, os pacientes passaram por aconselhamento antes e após os testes para identificar a doença. Cerca de 120 pessoas realizaram o teste em Campo do Brito.

Continua depois da publicidade

Saiba sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis

AIDS

O Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) é transmitido pela troca de fluidos corporais como sangue, leite materno, secreção vaginal e sêmen. A forma de transmissão mais comum são as relações sexuais, mas também pode ocorrer durante o parto, na amamentação e no compartilhamento de seringas.

Os programas de HIV/Aids de MSF oferecem aconselhamento antes e após os testes para identificar a doença; tratamento e prevenção de infecções oportunistas; prevenção da transmissão entre mãe e filho; e fornecimento de antirretrovirais para pacientes em estágio avançado da doença. As iniciativas geralmente incluem também campanhas de educação e atividades para ensinar como prevenir a propagação do vírus.

SÍFILIS

É uma doença infecciosa causada pela bactéria Treponema pallidum. Podem se manifestar em três estágios. Os maiores sintomas ocorrem nas duas primeiras fases, período em que a doença é mais contagiosa. O terceiro estágio pode não apresentar sintoma e, por isso, dá a falsa impressão de cura da doença.

Todas as pessoas sexualmente ativas devem realizar o teste para diagnosticar a sífilis, principalmente as gestantes, pois a sífilis congênita pode causar aborto, má formação do feto e/ou morte ao nascer. O teste deve ser feito na 1ª consulta do pré-natal, no 3º trimestre da gestação e no momento do parto (independentemente de exames anteriores). O cuidado também deve ser especial durante o parto para evitar sequelas no bebê, como cegueira, surdez e deficiência mental.

Com informações: SECOM|CAMPO DO BRITO | Imagens: Fausto Filho

Tópicos Campo do Brito
Mais Recentes
Comentários
Publicidade