A transitoriedade do poder

Ponto de Vista | 07/06/2013 10h59 - Atualizada às 07/06/2013 11h01

A transitoriedade do poder

A Constituição de 1988 descreve em seu parágrafo único do art. 1º, a seguinte declaração: “todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição”.

Continua depois da publicidade

Numa democracia em que a escolha dos nossos gestores é realizada através do voto livre e direto, a certeza para quem se configura em liderança política, é compreender que o poder é efêmero. Que o poder é transitório.

Diante disso, como se constituir numa liderança política que desperte nas pessoas admiração e que os seus feitos se tornem permanentes, mesmo com o fim da sua gestão?

O administrador público deve levar em consideração uma série de fatores que determinem o perfil de sua gestão e que sua passagem pelo cargo, o consagre perante a opinião pública.

O primeiro fator é ser ousado em suas ações administrativas. A população está cansada das mesmices, do corriqueiro feijão com arroz, do reboco e pintura aparente. Com o acesso às informações, as pessoas estão mais instruídas, buscam e cobram respostas às suas necessidades. A ousadia colocará a gestão em sintonia com as novidades e mudanças que o tempo nos aponta.

O segundo fator é inovar e empreender. O governo empreendedor visa atender aos cidadãos como clientes que possuem necessidades e exigências a serem atendidas.

Para ser um gestor público empreendedor é necessário muito mais do que pensar como na administração privada. É necessário entender as particularidades do setor público e principalmente as suas dificuldades e limitações.

O administrador público para ser empreendedor deve ter consciência no trato com o dinheiro público, sabendo trabalhar e planejar com poucos recursos agregando valor a coisa pública.

O terceiro fator é o profissionalismo. Por ser uma gestão pública, o amadorismo, o desleixo, os erros primários não podem e nem devem ser uma constante em uma gestão. O administrador público deve impor em sua equipe o senso de profissionalismo, promovendo uma integração organizada entre os organismos e estabelecendo cronogramas e prazos para a efetivação dos programas e projetos.

Uma equipe coesa e coerente, firmada no propósito de realizar um trabalho para o bem da coletividade, contribui para a consolidação do projeto político e administrativo do gestor. Só assim, mesmo com o fim do seu mandato, a população vai perceber e visualizar os feitos, gerando empatia e admiração.

Somadas estas características, o gestor municipal deverá estabelecer com o poder legislativo, um canal franco e direto para a discussão dos projetos e programas encaminhados para a apreciação dos representantes do povo.

Igualmente, é garantir à população um canal direto com direito a voz e vez. Se o poder emana do povo, para ele deve ser exercido. Sem restrições e com as garantias legais.

Por fim, eis uma advertência oportuna, que serve a todos nós: ‘Os cargos são permanentes, mas seus ocupantes são passageiros. Não há força que não acabe e poder que não se desfaça. Não nos deixemos iludir com a liturgia do cargo. ’

Sem a capacidade de compreender a crítica, não cabe o elogio sincero!

Josival Bezerra

A Semana é de… Banda Forró na Gaya

Aproveitando o clima junino na cidade, a coluna dedica esta semana à Banda Forró na Gaya. O grupo foi criado no final de 2012 em Campo do Brito. E como o próprio grupo afirma, é a primeira banda de forró do município, formada por jovens músicos que só queriam se divertir, fazendo o que gostam.

A Banda Forró na Gaya é composta por Ninho e Alexsandra, nos vocais; Mucilon, na Bateria; Marcel, Acordeon; Fagner, Teclados; Pato, Contrabaixo; Aílton, Guitarra e Igor, Sérgio e Samuel, na Metaleira.

E você que ainda não curtiu o som desta banda, o grupo se apresenta nesta sexta-feira, dia 07, a partir das 21 horas, no Espaço Ernesto Sobrinho, em nossa cidade. Vem gente! Vamos ariar a fivela!

Notas Soltas

Forró Fitness

Dando sequencia ao clima junino em Campo do Brito, vem aí o I Forrozão da Academia M2 Fitness, no dia 07 de junho, a partir das 21 horas, no Espaço Ernesto Sobrinho, com o lançamento da Banda Forró na Gaia e apresentação do DJ Rafael. E o melhor, a festa é Open Bar! Solte o fole, sanfoneiro!

I Forró do Hyago

Falando em forró, o irrequieto Hyago Rodrigues está organizando um Arraiá na Rua Rodrigues Dórea, em Campo do Brito. O arrasta-pé acontece no dia 15 de junho, a partir das 21 horas, com as apresentações artísticas de João Trindade e Temperatura do Brega. Traga seu amor para o Arraiá do Hyago! Simbora, pessoá!

Central Fest de cara nova

Um visual atrativamente mais limpo e arrojado, novos conteúdos, uma rádio on-line 24 horas, com chat, horóscopo diário, tempo agora, resultado da loteria, mural de recados, agenda, eventos e o que há de melhor na cidade de Campo do Brito e região. É desse modo que o site Central Fest inaugura sua nova fase, ampliando sua experiência com os internautas e mantendo-os atualizados com tudo que é notícia.

Criado por Marques Mendonça, o site Central Fest foi lançado em 30 de agosto de 2012, cujo objetivo inicial era o de divulgar e cobrir festas e eventos na internet, com o passar do tempo, vieram os serviços de vídeos, noticias e entrevistas.

O novo site poderá ser acessado a partir do mês de junho. Portanto, fique ligado nas novidades. É só acessar: www.centralfest.net.

Roteiro Gastronômico

Para quem gosta de degustar um bom caranguejo, a dica é o Bar do Panelinha, no início do Ceilão. Aos domingos, dezenas de pessoas disputam um a um, um dos pratos mais famosos da culinária sergipana. Sempre acompanhado com saladinha e uma cervejinha gelada, os britenses começam cedo a curtir o domingão. Fica a dica!

Aniversariantes

Fazer aniversário é ter a chance de fazer novos amigos, ajudar mais pessoas, aprender e ensinar novas lições, vivenciar outras dores e suportar velhos problemas.
Sorrir novos motivos e chorar outros, porque, amar o próximo é dar mais amparo, rezar mais preces e agradecer mais vezes.
Fazer Aniversário é amadurecer um pouco mais e olhar a vida como uma dádiva de Deus. É ser grato, reconhecido, forte, destemido. Parabéns a você nesse dia tão grandioso.

Feliz Aniversário!

08/06 – Fernanda.

09/06 – Alyson Souza Santos.

10/06 – Leonardo Aquino.

10/06 – Julianna cruz.

10/06 – Thaciany Luiza.

10/06 – Carla Passos.

10/06 – Marilia Almeidah.

10/06 – Thacyane Luisa.

12/06 – Renato Souza.

12/06 – Ana Amélia.

13/06 – Markinhus Andrade.

14/06 – Daniel Alves.

Reflexão da Semana

Muito muito pouco

Tem muito carro e muito pouco chão
Tem muita gente e muito pouco pão
Tem muito papo e muito pouca ação
Muito parente e muito pouco irmão

E então?
O que vamos fazer então
com mais um milhão?
E depois?
O que vamos fazer depois
com um grão de arroz?

Tem muito pouca dúvida e muita razão
Tem muito pouca ideia e muita opinião
Muita pornografia e muito pouco tesão
Muita cerimônia e muito pouca educação

E então?
O que vamos fazer então
com mais um milhão?
E depois?
O que vamos fazer depois
com um grão de arroz?

Tem muito pouca dúvida e muita razão
Tem muito pouca ideia e muita opinião
Muita pornografia e muito pouco tesão
Muita cerimônia e muito pouca educação
Tem muito carro e muito pouco chão
Tem muito dente e muito pouco pão
Tem muito papo e muito pouca ação
Muito pouca gente e muita multidão

E então?
E depois?
(Arnaldo Antunes, cantor, compositor e poeta brasileiro)

Espaço do Leitor

Participe de nossa coluna, envie suas críticas e sugestões. Nosso e-mail: [email protected]

É Vida que

Tópicos Ponto de Vista
Mais Recentes
Comentários
Publicidade