Homem simula assalto com comparsa para estuprar enteada em Campo do Brito

Policial | 05/03/2013 17h39

Policiais civis lotados na cidade de Campo do Brito, coordenados pela delegada Lauana Guedes, prenderam na tarde da última sexta-feira, 1º, em cumprimento a mandado de prisão, Marcos André Tavares Souza, 31 anos, conhecido como “Ceguinho” e José Pedro Alves França, 44 anos. Os dois são acusados de roubo seguido de estrupo. O crime foi registrado no mês de novembro do ano passado.

De acordo com Lauana, a vítima de 22 anos, era enteada de Marcos, que segundo a investigação, foi o mentor do crime. “A vítima voltava da escola em uma motocicleta juntamente com Marcos. No povoado Murginga, José anunciou o suposto assalto e abusou da vítima e ainda obrigou que ela fosse usada pelo padrasto. Há indícios que a dupla combinou tudo anteriormente, simulando um assalto para que consumassem o estupro”, destacou a delegada

Continua depois da publicidade

As roupas utilizadas por José Pedro no dia do crime foram encontradas na casa de um vizinho de Marcos. “Constatamos que foi a mulher de Marcos que jogou as roupas na casa do vizinho. Após tomar conhecimento do crime ela tentou incriminar o vizinho”, explicou a delegada.

Durante o crime José Pedro agiu utilizando um capuz e um facão para intimidar. A mãe da vítima, que tentou incriminar o vizinho, também responderá por favorecimento pessoal. Marcos já tem passagem pela polícia por tráfico de drogas e foi preso na sua residência. Já José Pedro foi preso em via pública e tem passagem por roubo.

Ascom SSP/SE

Tópicos Campo do Brito, Policial
Mais Recentes
Comentários
Publicidade