Campo do Brito receberá amanhã, dia 01, ambulância do governo estadual

Campo do Brito | 01/07/2010 01h23

ambulancias em sergipe Após a inauguração das duas praças em Aracaju, a partir das 10h, o governador Marcelo Déda fará a entrega de 145 ambulâncias aos 75 municípios sergipanos e unidades hospitalares.

Essa solenidade será realizada no Centro de Convenções (CIC), onde o governador também assina o termo de adesão de sete prefeituras municipais ao novo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA Alimentos); e uma outra parceria também com o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) para o investimento de R$ 10.747.900,36 a serem aplicados em projetos de inclusão.

Continua depois da publicidade

O ato de doação das ambulâncias consolida mais uma etapa de implantação do “Transporte Sanitário Público”, serviço destinado aos pacientes que não apresentam risco de vida e que necessitam de remoção simples entre as unidades de saúde locais ou de suas residências para as unidades de saúde. Essas ambulâncias foram adquiridas a partir de uma ação integrada entre as Secretarias de Estado da Saúde, da Fazenda e do Planejamento, que resultou na captação de recursos na ordem de R$ 6.604.999,40.

Assinaturas

O PAA Alimentos vai investir R$ 786.100,00 em verbas federais do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), e mais R$ 139 mil de contrapartida do Governo de Sergipe, num total de R$ 925.100,00, para atingir dois objetivos centrais: incentivar a agricultura familiar e o escoamento da produção agrícola do estado através da compra de alimentos a cerca de 210 produtores, num total aproximado de 490 toneladas adquiridas; e beneficiar com a oferta de alimentos milhares de sergipanos atendidos por entidades socioassistenciais como creches e asilos, além de pessoas físicas comprovadamente em situação de vulnerabilidade social e insegurança alimentar.

A segunda parceria com o MDS no valor de R$ 10.747.900,36 (dos quais R$ 9.673.110,32 do MDS e R$ 1.074.790,04 de contrapartida do Estado) vai desenvolver o projeto de inclusão socioprodutiva com a criação de centros socioprodutivos, fortalecimento da economia dos pequenos produtores familiares das áreas dos territórios de planejamento do estado de Sergipe por meio do fortalecimento das cadeias produtivas sustentáveis. Ao todo serão beneficiadas pela iniciativa 5.500 pessoas em 23 municípios, com ações que respeitam as vocações de cada local serão sempre voltadas para capacitação, treinamento e atualização do público beneficiário.

Fonte: ASN

Tópicos Campo do Brito, Saúde, Últimas Notícias
Mais Recentes
Comentários
Publicidade