Prefeitura de Campo do Brito apresenta sistema NFS-e em reunião com comerciantes e contadores

Campo do Brito | 06/06/2012 19h04 - Atualizada às 07/06/2012 11h14

A Prefeitura Municipal de Campo do Brito juntamente com a empresa IBAM (Instituto Brasileiro de Administração Municipal) realizou na manhã desta quarta-feira, 06, reunião para apresentação do sistema de Nota Fiscal Eletrônica do município. A reunião ocorreu no auditório da Secretaria de Educação, localizada na Rua General Siqueira de Menezes 56, 1ºAndar.

O procurador do município, Marcelo Almeida, aproveitou a oportunidade e deu inicio a reunião falando um pouco sobre o sistema e explicando que o mesmo já está em funcionamento desde o dia 01 de junho por meio do Decreto 012 de 25 de maio de 2012.

Continua depois da publicidade

A reunião foi palestrada pelo representante da IBAM, Álvaro Neto, que passo a passo explicou aos presentes todos os procedimentos necessários para se efetuar o cadastro e emitir uma nota fiscal.

O sistema utilizado pela prefeitura de Campo do Brito é o WebISS, que não precisa de nenhum sistema, apenas um computador com internet, pois o sistema está todo hospedado no site www.webiss.com.br/campodobritose por onde deverá ser acessado. A secretária de finanças do município, Tatiana Conceição, relatou a nossa redação que o site da prefeitura já foi providenciado e que em breve os prestadores de serviços e contadores poderão acessar o sistema pelo site da mesma, que será um endereço de fácil memorização.

A NFS-e será uma novidade para o município e traz consigo a viabilidade tecnológica da emissão da Nota Fiscal de Serviços em ambiente Web, o sistema utilizado pela prefeitura de Campo do Brito, também é utilizado por mais três prefeitura do estado e diversas pelo Brasil. O palestrante informou que em Sergipe apenas seis prefeituras aderiram a um sistema de NFS-e. Usando como exemplo a cidade de Aracaju, que é uma das cidades que possui o mesmo sistema, Alvaro relatou que em menos de 1 ano a arrecadação do município aumentou em 20%, segundo ele a NFS-e não vem para exigir do contribuinte, mas reeduca-lo de acordo com a legislação.


Álvaro explicou que através do sistema será possível a emissão da NFS-e de qualquer computador conectado à Internet, cálculo automático do imposto, com isso não a necessidade do arquivamento dos talões devido as NFS-e estarem arquivadas no site pelo período de cinco anos podendo ser recuperadas quantas vezes se fizer necessárias, emissão de relatórios que facilitam o processo de gestão contábil e fiscal, além da segurança que o sistema possui. Toda a apresentação foi demonstrativa, “mas o sistema é bastante autoexplicativo, de fácil manuseio e possui manuais para download” relatou o mesmo.

De acordo com a portaria municipal o comerciante ou seu contador terá o prazo de 01 a 30 de junho para se cadastrar no sistema. E após o dia 01 de julho, as notas fiscais em papel (Talões) perderão a sua validade, não sendo possível mais a sua utilização.

Para maiores informações e explicações sobre o sistema, é só procurar o Setor de Tributos do município.

Da redação por William Vinícius.

Tópicos Campo do Brito, Economia e comercio
Mais Recentes
Comentários
Publicidade