Funcionários municipais decidem e prefeito veta plano de carreira aprovado por vereadores

Campo do Brito | 10/01/2012 23h32 - Atualizada às 11/01/2012 08h05

O prefeito Manoel de Souza se reuniu, no final da tarde de hoje, dia 10, com os funcionários municipais para discutir a implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS). O plano garante a progressão de carreira dos profissionais, assim como fixa o salário inicial e os direitos dos funcionários.

O salão nobre da prefeitura foi o local da reunião onde os funcionários compareceram em massa e lotaram o espaço.

Durante a reunião o Secretário de controle interno Enedino Junior, leu e explicou detalhadamente o projeto enviado pela prefeitura, durante a explanação foi retirada algumas duvidas que vem sendo debatidos pelos funcionários. Enedino também leu o projeto aprovado pela Câmara de Vereadores.

Ao final da reunião o Prefeito Municipal também deu sua palavra, assim como os vereadores da situação e alguns secretários. E em decisão pela maioria presente o projeto enviado pela câmara de vereadores foi reprovado, ficando agora a depender de quando a câmara retornar do recesso em fevereiro para que a prefeitura reenvie o projeto, para tentar a aprovação.

Continua depois da publicidade

A reprovação e recusa da maioria deu-se por alguns artigos que beneficiariam funcionários terem sidos vetados pela câmara, estão entre eles: atualização salarial que ocorreria todo dia 1º de fevereiro e redução da carga horaria de 40 para 30hs exceto cargos que recebem através de verbas federais. Além de artigos que falava da progressão salaria e direitos do funcionário.

Enquanto isso os funcionários ficam a espera.

– PLANO

O plano de carreira criado pela prefeitura foi enviado a câmara municipal em dezembro, no qual não foi colocado em pauta inicialmente e reprovado pelos vereadores de oposição.

No dia 20 de dezembro, os vereadores da oposição se reuniram com os funcionários no qual também foi discutido. Ao que soubemos na semana passada em sessão extraordinária os vereadores aprovaram o projeto com as devidas alterações feitas pela câmara, nesta sessão todos os vereadores da situação não compareceram.

Desde o inicio todo o caso vem gerando polemicas e brigas politicas em emissoras de rádios da região.

Da redação por William Vinícius.

Tópicos Campo do Brito, Política
Mais Recentes
Comentários
Publicidade