Globo desbanca concorrência e garante os direitos dos Jogos Olímpicos até 2032

TV e Famosos | 10/12/2015 15h40 - Atualizada às 10/12/2015 15h55

rede-globoA Rede Globo acaba de fechar um contrato com o COI (Comitê Olímpico Internacional), que lhe garante os direitos de transmissão dos Jogos Olímpicos até 2032. De acordo com o site do Globo Esporte, o acordo é semelhante ao feito em relação aos Jogos Olímpicos de 2016.

Dessa forma, a emissora não terá os direitos exclusivos das transmissões na televisão aberta, mas será exclusivo nas demais mídias, como a TV fechada, internet, rádio e dispositivos portáteis. A NBC, dos EUA, tem um acordo semelhante ao da Globo, que vai até 2032.

O acordo foi fechado em aproximadamente 715 milhões de Reais (190 milhões de dólares), de acordo com o site Inside the Games. “Estamos muito contentes com essa cooperação de longo termo com a TV Globo, que é a empresa de mídia líder no Brasil”, declarou o presidente do COI.

“Temos excelentes experiências de trabalho com a Globo e por isso decidimos estender a nossa parceria e colaboração até 2032. É um acordo a longo prazo, que vai trazer benefícios mútuos”, afirmou Thomas Bach. O presidente do Grupo Globo também comemorou a parceria.

Continua depois da publicidade

“Estamos muito orgulhosos pela confiança para transmitirmos os Jogos Olímpicos, que são o maior evento do mundo, até 2032. Nossa relação com o COI e com o movimento olímpico vem de longa data, e esta renovação mostra a fé absoluta que o Grupo Globo possui em nosso país, no espírito olímpico e no futuro. Acreditamos que as Olimpíadas, além de um evento esportivo, é o maior exemplo do mundo de inspiração e superação de desafios. Levar os valores olímpicos ao povo brasileiro, através de diversas plataformas de mídia, é um desafio que o Grupo Globo tem orgulho de assumir. Através da Agenda 2020, o COI determinou uma estratégia clara para o desenvolvimento do esporte e a promoção dos valores olímpicos de forma global. Temos muita confiança em um futuro brilhante para o movimento olímpico”, declarou Roberto Irineu Marinho.

A Globo possui os direitos dos Jogos Olímpicos de 2016, os Jogos de Inverno de 2018, em Pyeongchang, os Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio, os Jogos de Inverno de 2022, em Pequim, os Jogos Olímpicos de 2024, 2028 e 2032, e dos Jogos de Inverno de 2026 e 2030.

A emissora transmitiu todas as Olimpíadas, entre 1972 e 2008, ficando de fora de Londres 2012, quando os direitos exclusivos foram conquistados pela Record.

Fonte: Otvfoco.com.br

Tópicos Entretenimento
Mais Recentes
Comentários
Publicidade