Governo de Sergipe autoriza PSS para professor da educação básica, merendeiro e para o Projovem Urbano

Empregos | 20/06/2018 14h51

O Governo de Sergipe publicou no Diário Oficial desta quarta-feira, 20, a realização do Processo Seletivo Simplificado (PSS) para a contratação temporária de 403 profissionais para trabalharem no âmbito da Secretaria de Estado da Educação. O PSS visa contratar 200 merendeiros para atuarem na rede estadual de ensino; 193 professores de Educação Básica; e 10 profissionais da Educação, para desenvolveram atividades na implantação e execução do Programa Projovem Urbano.

As contratações terão caráter temporário e serão feitas pelo prazo de um ano, podendo ser renovadas por mais um ano.

De acordo com o diretor do Departamento de Recursos Humanos da Secretaria de Estado da Educação, professor Jorge Costa Cruz, a necessidade do PSS se dá para suprir carências temporárias.

“São os afastamentos por licença maternidade, licença médica, afastamento para cursos, licenças sem vencimento que alguns servidores solicitam. Existem servidores que saíram das escolas e que assumiram cargos de gestão na própria unidade de ensino. A diferença do concurso e do PSS é que o concurso tem que haver a vaga disponível na rede estadual e o PSS são carências temporárias de profissionais”, explicou.

Continua depois da publicidade

O edital será publicado pela Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag) o mais breve possível e a contratação será imediata.

Com informações da ASN

Tópicos Empregos, Sergipe
Mais Recentes
Comentários
Publicidade