Morre terceira vítima da gripe H1N1 em Sergipe

Saúde | 08/06/2018 14h22

Uma criança de 11 meses, do município de São Cristóvão, é a terceira vítima da gripe H1N1 em Sergipe. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (8) pela Vigilância Epidemiológica, da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

“A criança morreu na quarta-feira (6) e estava internada na ala vermelha do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). Ela já estava sendo monitorada, o quadro era grave e não tinha sido vacinada”, explicou a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Mércia Feitosa.

O primeiro caso ocorreu em maio deste ano quando um bebê de cinco meses morreu também por conta da gripe H1N1. O bebê era da cidade de Itabaiana (SE) e estava internado no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), na Zona Oeste da capital. O Laboratório Central de Saúde Pública de Sergipe (Lacen) recebeu o material da criança no dia 05 de maio e no dia 07 de maio, após análise, confirmou o diagnóstico do vírus Influenza tipo ‘A’, o H1N1.

A segunda morte foi confirmada na terça-feira (29). A vítima era um homem de 38 anos que estava internado no Hospital São José, em Aracaju e acabou falecendo na última quarta-feira (23).

Continua depois da publicidade

A coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Mércia Feitosa fez um alerta para que crianças e idosos sejam vacinados, pois são os mais vulneráveis ao vírus do H1N1. ” Eles possuem a menor cobertura vacinal e isso os coloca em maior risco”. Ela reforçou que vacinação está disponível até o dia 15 de junho.

Informações do G1/SE

Tópicos Saúde, Sergipe
Mais Recentes
Comentários
Publicidade