Ação rápida da polícia resulta na prisão de feminicida em Arauá

Notícias | 05/09/2017 12h37

Uma ação rápida da Polícia Civil resultou, na tarde dessa segunda-feira, 04, na elucidação de um crime de feminicídio que vitimou a senhora Fátima da Conceição Dias, 44 anos, ocorrido horas antes, no municipio de Arauá. O autor do crime, identificado como Jivanildo dos Santos, companheiro da vítima, foi preso pelas equipes da Delegacia de Arauá.

Segundo o delegado Francisco Gerlândio, Fátima teria sido assassinada a golpes de faca por Jivanildo que, logo após cometer o crime, ligou para o dono da residência onde ocorreu o assassinato e relatou de forma detalhada o crime. “Em seguida, acreditando que não seria responsabilizado pelo crime, o acusado buscou carona até a cidade de Pedrinhas com o intuito de se esconder na casa da mãe, localizada na cidade de Riachão do Dantas”, disse.

De acordo com o delegado, Jivanildo foi localizado a partir de verificações do sistema de videomonitoramento da cidade. “A partir da análise e confirmação do autor do crime e de posse da informação de que a mãe de Jivanildo residia na cidade de Riachão do Dantas, seguimos em diligências até o local, efetuando a sua prisão”.

Durante o interrogatório, o acusado confessou com frieza os detalhes do crime cometido contra a mulher, na qual conviveu durante anos. Ainda segundo o Francisco Georlândio, o assassino já tem histórico de violência contra a vítima na época em que conviviam juntos. “Em uma das vezes Jivanildo teria agredido Fátima com um ferro, mas quando o caso chegou à delegacia a própria vítima preferiu negar a agressão e afirmar que havia sofrido um acidente”, relatou. Já em abril deste ano, Jivanildo tentou novamente contra a vida de Fátima utilizando um facão. Nessa oportunidade, policiais militares realizaram diversas diligências com intuito de prendê-lo, porém, o acusado conseguiu fugir.

Continua depois da publicidade

Motivação

As investigações apontaram que a motivação teria se dado após a vítima ter decidido se separar por não aguentar mais as frequentes agressões. Porém, inconformado, Jivanildo, que já havia jurado a ex-esposa de morte, decidiu de forma premeditada tirar a vida de Fátima.

O caso será encaminhado à justiça para que o acusado possa responder pelo crime de feminicídio consumado.

Ascom SSP/SE

Tópicos Arauá, Policial
Mais Recentes
Comentários
Publicidade