Macambira: Denúncia anônima resulta em prisão de homicidas em menos de 24h

| 05/04/2017 13h32 - Atualizada às 05/04/2017 13h36

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Macambira, prendeu na tarde dessa terça-feira, 4, Daniel Messias Nunes e Jhonata dos Santos Nunes suspeitos do crime que vitimou Fábio Silva dos Santos, “Fabinho”, morto a golpes de faca na praça da feira no município, na última segunda-feira, 03. A dupla foi localizada no povoado Tapera.

Foto: Divulgação SSP/SE

A participação da população no uso da ferramenta Disque Denúncia, 181, possibilitou as prisões em menos de 24 horas. Os policiais se deslocaram ao povoado localizado na zona rural de Macambira para checar a denúncia sobre a localização dos suspeitos. Lá, se depararam com os elementos em uma área de mata fechada.

Tanto Daniel quanto Jhonata têm passagem pelo sistema criminal sergipano, inclusive com mandados de prisão em aberto expedidos pela Comarca de Nossa Senhora de Socorro, motivados por homicídio e latrocínio.

Continua depois da publicidade

Juntamente com os suspeitos, foi apreendido um adolescente, também procurado pela justiça, por ato infracional análogo a tráfico de drogas. De acordo com a polícia, na ação também foi recuperada a arma branca utilizada no crime, que estava escondida no povoado Serra do Venturino.

A delegada Luciana Almeida ressaltou a importância da população na ocorrência. “A população tem colaborado significativamente com o trabalho da polícia, através do 181, o qual tem recebido diversas ligações que auxiliam na elucidação de crimes”, finalizou a delegada.

Ela salientou ainda, que quem reconhecer Daniel ou Jhonata como possíveis autores de assaltos devem procurar as autoridades policiais ou fazer uma denúncia para que eles respondam outros crimes cometidos na região. O anonimato e o sigilo da fonte são garantidos.

Fonte: SSP/SE

Tópicos Destaque
Mais Recentes
Comentários
Publicidade