Preso diz que está passando mal e faz policial civil de refém

Policial | 19/01/2017 12h29

Na tarde desta quarta-feira (18), um preso da 5ª Delegacia Metropolitana, localizada no Conjunto João Alves Filho, município de Nossa Senhora do Socorro (SE), disse que estava passando mal, foi encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do conjunto e na saída fez o policial civil de refém.

Quando voltava do atendimento, o suspeito obrigou o policial civil, que fazia a escolta, a dirigir a viatura em direção de outro conjunto habitacional do município.

“O preso não estava algemado e aproveitou para dar uma gravata no policial, que teve a arma subtraída e apontada na cabeça enquanto dirigia”, explicou o comandante do policiamento da capital, coronel Vivaldy Cabral.

Uma equipe do Batalhão de Polícia de Choque, acionada por pessoas que estavam na UPA, conseguiu localizar o suspeito no Conjunto Parque dos Faróis, também em Nossa Senhora do Socorro. “O Batalhão de Polícia de Choque foi acionado e conseguiu interceptar o veículo na avenida principal do Parque dos Faróis”, explica.

Continua depois da publicidade

Ainda segundo o comandante, na hora da abordagem o policial bateu o veículo e o suspeito  reagiu e na troca de tiros acabou baleado no peito. Socorrido, foi encaminhado ao Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), onde está internado na ala vermelha. Apesar do clima tenso, o  policial civil não se feriu.

O comandante do policiamento da capital informou a reportagem que o homem tinha sido preso na terça-feira (17) por posse ilegal de arma.

Fonte: G1SE

Tópicos Policial
Mais Recentes
Comentários
Publicidade