Campo do Brito e mais 11 municípios sergipanos estão em situação de emergência por causa da seca

Sergipe | 19/09/2016 13h38 - Atualizada às 19/09/2016 13h38

O Ministério da Integração Nacional publicou no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (19) o decreto de situação de emergência por causa da seca em Carira e Graccho Cardoso. Com estes, já são 12 municípios sergipanos com a situação reconhecida e homologada pelo Governo Federal, são eles: Campo do Brito, Canindé de São Francisco, Capela, Gararu, Nossa Senhora da Glória, Pinhão, Poço Redondo, Poço Verde, São Domingos e Telha.

A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, Renato Newton Ramlow, reconheceu a situação de emergência devido ao período de poucas chuvas que resultaram em prejuízos a lavoura e a pecuária.

O coordenador da Defesa Civil Estadual, coronel Erivaldo Mendes, revela que mais dez município de Sergipe estão no processo de decretação de emergência pelo mesmo motivo. Além desses, Itabi, Macambira, Frei Paulo e Nossa Senhora Aparecida já publicaram o decreto municipal e estão em fase de reconhecimento estadual e federal da situação.

“Pela experiência que nós temos, os dez municípios que ainda estão juntando a documentação se enquadram nessa mesma situação de emergência conforme a Instrução Normativa nº 01. Se concluídos esses decretos, de 75 municípios sergipanos, 26 deverão decretar emergência devido à estiagem”, afirmou coronel Mendes.

Continua depois da publicidade

Erivaldo Mendes destaca que os reservatórios ainda possuem água, mas que a seca afeta a situação econômica dos produtores e das próprias cidades. “O decreto permite uma série de ações assistenciais para as famílias de produtores, inclusive a renegociação de dívidas e empréstimos. Já nos locais com dificuldade no abastecimento, há uma operação com carros-pipa, perfuração de poços artesianos e limpeza de aguadas e barragens para armazenarem água quando chover”, finalizou.

Fonte: G1SE

Tópicos Campo do Brito, Sergipe
Mais Recentes
Comentários
Publicidade