IML: dez homicídios no fim de semana em Sergipe

Sergipe | 13/06/2016 11h21

O Instituto Médico Legal (IML) registrou dez homicídios em Sergipe, crimes ocorridos entre a sexta-feira, 10, e a noite deste domingo, 12, data dedicada ao Dia dos Namorados. Os homicídios representam 45,45% das mortes violentas atendidas pelo IML no Estado.

O último crime aconteceu na noite do domingo, 12, dentro de um bar no povoado Tanque de Pedra, no município de Nossa Senhora da Glória. Os primeiros levantamentos indicam que a vítima, identificada como Edvaldo Dantas de Oliveira, 45, estaria acompanhada do agressor e ambos ingeriam bebidas alcoólicas.

Após um desentendimento, o agressor teria se armado com uma faca e desferido golpes, atingindo Edvaldo no peito e no ombro, conforme observações do sargento Cavalcante, da equipe do 3º Batalhão. A vítima chegou a correr para a casa da mãe, que fica bem em frente ao bar, recebeu os primeiros atendimentos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e morreu no Hospital Regional de Nossa Senhora da Glória. Os policiais identificaram o autor do crime, mas não conseguiram localizá-lo. Ele teria fugido por um matagal, segundo o sargento Cavalcante.

Outros crimes

Continua depois da publicidade

Uma mulher, identificada como Adriana Lúcia Silva Oliveira, 33, foi assassinada com golpes de arma branca, crime ocorrido no Conjunto Cohab, no município de Neópolis. Em Propriá, Alex Freire dos Santos, 24, foi assassinado a tiros. Em São Cristovão, três homens foram assassinados a tiros. Dois corpos estão no IML sem identificação e a terceira vítima foi identificada como Edmundo Francisco Santos Sousa Filho, 42.

Também foi assassinado, Manoel Adriano Vieira Santos, 14, vítima de arma de fogo na avenida Visconde de Maracaju, em Aracaju. Na sexta-feira, 10, dois assassinatos aconteceram em Aracaju, tendo como vítimas Cleiton Guilherme da Silva, 32, e Joel Moura de Jesus, 34. E, em Itabaianinha, Josemi Santana de Andraade Filho, 34, foi morto a tiros na avenida José Alvino Macedo, no conjunto Mutirão.

*Informações do Infonet

Tópicos Sergipe, Violência
Mais Recentes
Comentários
Publicidade