Justiça determina saída de professores acampados na prefeitura de Campo do Brito

Campo do Brito | 13/05/2016 00h24 - Atualizada às 13/05/2016 00h28

Uma decisão da Justiça solicitou que os professores da rede municipal de Campo do Brito, que estão acampados dentro do prédio da prefeitura do município desde esta quarta-feira (11), deixassem o local na noite desta quinta-feira (12).

desocupacao-prefeitura-professores-01-120516

O mandato foi entregue pelo oficial de justiça, por volta das 21h40.

Ainda na decisão, solicitou o fim do ato, removendo pessoas e coisas da Prefeitura Municipal, sendo solicitada a presença do Comando da Policia Militar, para dar cumprimento à ordem, prendendo em flagrante por Crime de Desobediência quem se recusar-se a cumpri-la, submetendo os requeridos à multa diária de R$ 20.00,00 (vinte mil reais) em caso de novo ato.

Continua depois da publicidade

Durante alguns minutos, os professores se reuniram para decidir se iriam acatar a decisão, e por volta das 22h45 os professores desocuparam a sede da prefeitura. Os mesmos ainda queriam sair as ruas com carro de som, mas foram impedidos, devido ao horário.

desocupacao-prefeitura-professores-02-120516

A representante do Sintese, a professora Maria Enivalda, discursou durante a saída, e informou que a greve e os atos dos professores continuam.

Início da greve

Os professores da rede municipal de ensino do município de Campo do Brito, iniciaram a greve na última segunda-feira (09). Já a ocupação da prefeitura começou nesta quarta-feira (12) como forma de protesto.

A categoria está cobrando o pagamento de 5 meses de retroativo do piso de 2015 e o reajuste do Piso de 2016, além do fim dos constantes atrasos de salários e parcelamentos.

Por William Vinícius

Tópicos Campo do Brito, Educação
Mais Recentes
Comentários
Publicidade