Atrasos e parcelamentos de salários fazem professores de Campo do Brito paralisarem atividades por tempo indeterminado

Campo do Brito | 26/10/2015 20h27

Após receberem apenas 50 por cento do salário de setembro, os professores de Campo do Brito decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir desta segunda-feira, 26. No último dia 20 de outubro, a prefeitura, anunciou que tentaria pagar os professores o restante do salário de setembro no dia 30 de outubro.

Agenda

Na manhã deste primeiro dia de greve os professores de Campo do Brito fazem ato pelas ruas da cidade, saindo do Centro Paroquial, para pedir apoio e chamara atenção da população para a difícil situação vivida pela categoria. Na terça-feira, 27, os professores se reunirão em audiência com o Ministério Público Estadual para tratar sobre o atraso e parcelamento de salários. Após a audiência os professores farão assembleia para deliberar os rumos da luta.

Ascom Sintese

Tópicos Campo do Brito
Mais Recentes
Comentários
Publicidade