IML: 18 homicídios durante o fim de semana

Sergipe | 19/10/2015 13h57

iml-sergipeO Instituto Médico Legal (IML) registrou um final de semana violento em Sergipe. Conforme os registros, 60% dos corpos que passaram por necropsia naquele instituto foram de vítimas de homicídios. Constatou-se 18 assassinatos, entre as 30 ocorrências atendidas pelo IML entre a sexta-feira, 16, e a madrugada desta segunda-feira, 19.

Seis destas ocorrências foram registradas na região metropolitana: quatro homicídios em Aracaju, um em Nossa Senhora do Socorro e outro na cidade de São Cristovão. Entre as vítimas, estão os dois policiais militares mortos em dois assaltos [um deles no bairro Santos Dumont, ocorrido no final da tarde da sexta-feira, 16, e o outro dentro de um transporte coletivo no povoado Pai André, em Nossa Senhora do Socorro, na noite do sábado, 17].

Entre os homicídios, estão episódios classificados como latrocínios [roubo seguido de morte] e também crime de execução. Entre as execuções, está o assassinato do ajudante de pedreiro José Alexandre Romão, 33, morto por engano durante uma festa de aniversário de criança no Conjunto Padre Pedro, no bairro Santa Maria.

O último corpo de vítima de latrocínio chegou ao IML às 21h do domingo, crime ocorrido em uma estrada que liga o povoado Cana Brava à sede do município de Santa Rosa de Lima: o marchante João Freire Filho, 54, foi seguido e morto por dois assaltantes que, como a vítima, ocupavam uma motocicleta.

Continua depois da publicidade

Outras mortes

No total, foram 30 corpos que passaram por necropsia: além dos 18 homicídios, também foram registrados oito vítimas de acidentes de trânsito, uma morte por afogamento, outro enforcamento, uma queda e a morte de um idoso, que se sentiu mal na rodoviária de Aracaju. A causa da morte dele ainda não foi revelada.

Infonet

Tópicos Sergipe
Mais Recentes
Comentários
Publicidade