Samu em Sergipe vai para por cinco horas nesta sexta-feira, 26

Saúde | 23/06/2015 10h18

ambulancia-samuOs condutores de ambulâncias de Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e técnicos de enfermagem vão parar as atividades por cinco horas – das 7 ao meio dia – na sexta-feira, 26. Nesse mesmo dia, eles fazem assembleia para definir se farão ou não uma greve por tempo indeterminado. Tudo vai depender do Governo do Estado, pois a categoria está insatisfeita com o posicionamento do Tribunal de Contas do Estado (TCE) que quer a redução da carga horária de 36 para 24 horas semanais.

Segundo o presidente do Sintasa (Sindicato dos Trabalhadores da Saúde), Augusto Couto, desde o ano passado que os técnicos de enfermagem e condutores têm a carga de 24 horas semanais, fruto de um acordo feito com o Governo do Estado à época. Essa proposta foi aceita pelos servidores porque, na ocasião, o governo não tinha como conceder reajuste. O mesmo entendimento valeu para os condutores de ambulâncias.

Mas o posicionamento do conselheiro do TCE, Clóvis Barbosa, desagradou as categorias. O TCE alegou irregularidades na redução da jornada de trabalho destas categorias e, com isso retirar uma conquista dos trabalhadores. No entendimento do conselheiro Clóvis Barbosa, relator do processo, a redução da carga horária de 36 para 24 horas, resultou no aumento da despesa com pessoal e no pagamento de horas extras por parte da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS).

Com informações do Só Sergipe

Tópicos Saúde, Sergipe
Mais Recentes
Comentários
Publicidade