TV Sergipe produz reportagens em Campo do Brito para o Quadro ‘São João da Gente’

Campo do Brito | 01/04/2014 12h28 - Atualizada às 01/04/2014 12h30

O município de Campo do Brito, região do agreste de Sergipe, recebeu na última segunda-feira, dia 31 de março, uma equipe da TV Sergipe para a produção de matérias especiais para o Quadro ‘São João da Gente’, que vai ao ar no SETV Primeira Edição, entre os meses de maio e junho. Em destaque, a produção de farinha, importante fonte da economia do município e a produção artesanal de candeeiro.

Para o produtor e editor da emissora de televisão, Fernando Petrônio, o ‘São João da Gente’ é um espaço para a divulgação das tradições populares. “O nosso objetivo é manter viva a história da cultura popular de Sergipe, bem como, registrar e revitalizar as peculiaridades de cada recanto do nosso estado. São 12 anos levando aos lares sergipanos as curiosidades que fazem parte do ciclo junino, período de grandes festejos em todas as regiões de Sergipe”, comentou.

Na primeira parte da gravação, a equipe visitou a produção artesanal de candeeiros, na sede do município. A confecção do objeto é realizada pelo artesão Jonathas Torres e com o auxílio de José Carlos. “Recebemos encomendas de comerciantes das cidades de Itabaiana e de Tobias Barreto. Produzimos mais de 40 dúzias de candeeiros por semana. Faço isso com muito prazer e satisfação. O candeeiro faz parte da cultura do povo do interior”, explicou entusiasmado o artesão, que trabalha com o ofício há mais de 17 anos.

Continua depois da publicidade

Ainda na casa do artesão, a reportagem conversou com um grupo de forró Pé-de-Serra, formado por Marcel Augusto Sobrinho (Sanfona), Johnatan Ribeiro (Zabumba) e José Carlos (Triângulo). Segundo Marcel Augusto, a tradição dos trios de forró tem a ver com a produção de candeeiro. “Com o surgimento destas novidades musicais, a essência do trio pé-de-serra vem se tornando algo escasso, como acontece com o uso do candeeiro, mas a nossa luta é para manter viva esta tradição e um gênero musical difundido por Luiz Gonzaga e Dominguinhos e que temos orgulho em beber destas fontes”, destacou o sanfoneiro.

Na segunda parte do trabalho, os profissionais da TV Sergipe se dirigiram ao Povoado Garangau e acompanharam de perto todo o processo de cultivo da mandioca e produção da farinha, importante fonte da economia do município, que envolve cerca de 5.000 pessoas.

O personagem da reportagem foi o senhor Dionísio, que estava acompanhado de sua família e mantém a tradição da produção da farinha, há mais de 25 anos. “Aqui eu tiro a sustento da minha família e faço parte da tradição do povo do Nordeste. Estou muito feliz em participar deste programa. Gostei muito”, disse o agricultor.

A equipe da TV Sergipe era formada por Priscila Bitencourt, na reportagem; produção e edição, Fernando Petrônio e Danilo Mecenas; nas imagens, Marcos Ricarte e apoio técnico de Luciano Oliveira.

Com informações e fotos da SECOM.

Tópicos Campo do Brito
Mais Recentes
Comentários
Publicidade