Protesto durante missa pede saída do padre de Macambira e fiéis reprovam o ato

Notícias | 08/11/2012 23h19 - Atualizada às 09/11/2012 09h10

Mais um fato ocorreu no município de Macambira-SE envolvendo o padre José Américo da Silva, da paróquia São Francisco de Assis, que nesta semana foi agredido por um rapaz supostamente ligado a grupamento político adversário do pároco.

Durante a missa da noite desta quinta-feira, 08, que estava sendo celebrada pelo arcebispo Dom José Palmeira Lessa em frente a igreja, um pequeno grupo de pessoas compareceram munidas de faixas fizeram um protesto solicitando a saída do padre do município.

Segundo informações, o grupo que realizando o manifesto vaiaram e  gritaram “Fora, Fora…”, logo em seguida o arcebispo falou ao microfone que o padre permaneceria .

Após o ocorrido vários internautas no facebook reprovaram o ato e deram apoio ao padre, além da grande maioria dos presentes que criticaram a atitude.

Continua depois da publicidade

O fato já vinha sendo divulgado por alguns internautas opositores ao padre na rede social Facebook, com mensagens que mencionavam algo que iria ocorrer na noite desta quinta.

Da redação por William Vinícius.
Foto: Facebook Barbara Almeida

Tópicos Macambira
Mais Recentes
Comentários
Publicidade