Padre agredido em Macambira se reúne com secretario de segurança publica de Sergipe para pedir proteção

Notícias | 07/11/2012 07h41

O secretário da Segurança Pública, João Eloy de Menezes, recebeu na manhã desta terça-feira, 6, em seu gabinete, o arcebispo de Aracaju, Dom José Palmeira Lessa, acompanhado pelo padre do município de Macambira, José Américo, vítima de ameaças.

“Esse encontro com o secretário João Eloy foi bastante positivo. Ele nos ouviu e fez os encaminhamentos para evitar uma desagregação do povo e também defender a integridade física do padre”, destacou Dom Lessa.

Durante o encontro, Eloy determinou a superintendente da Polícia Civil, Katarina Feitoza, que a Polícia Civil acompanhe o caso de perto, para dar agilidade aos inquéritos instaurados a fim de apurar os fatos.

Ao comandante da Polícia Militar, coronel Maurício Iunes, João Eloy cobrou uma intensificação no trabalho ostensivo na cidade, e uma melhor atenção da população por parte dos militares lotados no município.

Continua depois da publicidade

Além disso, nas segundas-feiras, dia de feira na cidade, haverá uma intensificação no policiamento local com a presença de agentes civis do Grupo Especial de Repressão e Busca (Gerb).

“Esperamos que as coisas melhorem e tudo se resolva através da Justiça e com paz. Hoje estou aqui para conversar com o secretário João Eloy e prestarei queixa na Coordenadoria de Polícia Civil do Interior a respeito da agressão que sofri ontem pela manhã”, comentou o padre Américo.

Fonte: Ascom SSP

Leia tambem:

Padre da cidade de Macambira é agredido em feira da cidade

Tópicos Macambira, Policial
Mais Recentes
Comentários
Publicidade